O que são Redes Mesh? - MAX dicas | Tech

quarta-feira, 28 de março de 2018

O que são Redes Mesh?

As redes mesh, também conhecidas como redes em malha, são redes que "interligam vários roteadores em uma mesma rede, sob um formato de uma malha [...]" (SILVA, 2011, p. 1). São constituídas por backbone sem fio, que significa "espinha dorsal", ou seja, um ponto principal onde todos os dados passam e são retransmitidos. É formada geralmente em lugares que seria impossível utilizar uma infraestrutura física ou teria um custo alto para montagem. É uma evolução das redes ad hoc.

Cada nó possui localização fixa com um grande poder de processamento, possui capacidade de armazenamento e alguns recursos relacionados a energia, o que torna possível ser um provedor de internet para qualquer nó da rede, basta conectar um ou mais nós fisicamente a Internet, e os demais nós estarão funcionando como hosts ou roteadores, que precisarão apenas estarem ligados a energia elétrica, desta forma estabelecerão rotas para outros nós da rede.

Uma importante característica das redes mesh é trabalhar com a transmissão multissalto, onde a comunicação é feita de roteador à roteador, atendendo uma grande área de clientes, sendo assim não existe um servidor que gerencie ou dê prioridades a algum nó da rede. Um exemplo de rede mesh se encontra na Figura 1.

                                                        Figura 1 - Exemplo de uma rede mesh
                                               

                                                             Fonte: Antunes (2012)



O trabalho realizado por Antunes (2012), relata o êxito na criação de uma rede mesh metropolitana na cidade de Cuiabá, pois segundo o autor a rede mesh é ampla, de fácil instalação, configuração e manutenção. Tem o potencial de cobrir uma cidade inteira com uma infraestrutura de comunicação sem fio.

Ainda de acordo com Antunes (2012 apud Schiller, 2008), existem algumas desvantagens em utilizar mesh, pois da mesma forma que as redes ad hoc, as redes mesh também padecem de segurança. Pelo fato de usar uma topologia dinâmica e também uma arquitetura de rede distribuída, são alvos de ataques que podem derrubar a rede. Alguns destes ataques poderiam partir de um nó malicioso, que anunciaria falsas rotas ou ainda enviar falsas mensagens para confundir o protocolo e sobrecarregar a rede, interrompendo a conexão.

Silva (2011), destaca os três principais padrões que podem ser adotados em uma rede mesh, são eles:
         - O padrão IEEE 802.11, que compreende as redes WLAN (Wi-Fi), o qual será utilizado neste trabalho;
      - O padrão IEEE 802.15, que compreende as redes LR-WPAN (Low-Rate Wireless Personal Area Network), englobando tecnologias de redes como ZigBee, UWB e Bluetooth;
       - O padrão IEEE 802.16, que compreende as redes WMAN (Wireless Metropolitan Area Network), conhecidas como redes WiMAX.

Para conseguir o maior proveito de uma rede em malha, é necessário realizar um planejamento, existem alguns meios, como: simulações, algoritmos e até modelos matemáticos, mostrados por Silva (2011), porém não serão detalhados neste trabalho, pois o intuito é verificar a viabilidade de utilizar sistemas microcontrolados em uma rede mesh, eles são compostos por pequenos dispositivos eletrônicos que possuem um grande potencial em desempenhar funções específicas.

As redes em malha, estão sendo muito utilizadas em cidades digitais, campus de universidades em parceria com projetos sociais, que visam a inclusão digital. Estão em constante crescimento e aperfeiçoamento.

Leia também - O que são redes Wi-Fi?
                          O que são redes ad hoc

2 comentários:
Write comentários
  1. Boa tarde Max, Tenho acompanhado o canal e vc fez um ótimo vídeo ensinando a fazer mesh com o esp, cheguei a comentar lá pedindo vídeo com esp32, pois o hw é bem melhor e acredito que tanto a velocidade qnt o alcance serão maiores, mas não sei se vc para pra ler comentários rs. Enfim, então aguardo o vídeo, você tem algum link do projeto que você usou, porém pra esp32? Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá meu amigo, costumo acompanhar mais os comentários do canal do que aqui, pois aqui não está me gerando notificações. Mas fico muito feliz em saber disso, luto bastante para manter o canal atualizado com ótimos conteúdos voltados para embarcados, mas nem sempre consigo, pois demanda muito tempo. Mas vou correr atrás sim de tentar algo com o ESP32. Forte abraço!

      Excluir